KASSAB FECHA COM FRENTISTAS CONTRA EMENDA DE KIM

Ex-prefeito de São Paulo, ex-ministro de Dilma e presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab é contra a Emenda 18, de Kim Kataguiri (DEM-SP), sobre a MP 1.063/2021. Essa Emenda põe em risco o emprego de cerca de 500 mil trabalhadores em postos de combustíveis. O Democrata quer liberar o selfie-service, proibido desde o ano 2000.

“Domingo, em sua casa, em São Paulo, Kassab recebeu dirigentes da categoria e se posicionou. Também ligou ao presidente do seu partido e pediu engajamento da sigla contra a emenda”, conta Eusébio Pinto Neto, presidente da Federação Nacional dos Frentistas (Fenepospetro).

As direções da categoria têm ampliado o apoio à luta pelo emprego, em todos os espectros ideológicos. Luiz Arraes, presidente da Federação Estadual (Fepospetro-SP), relata: “A deputada Carla Zambelli, do PSL, discorda da Emenda de Kim. E o deputado Vicentinho, do PT, fará pronunciamento durante sessão da Câmara”.

BASE – Nos postos, as Federações e Sindicatos distribuem Carta Aberta aos frentistas e também a usuários de postos. Nas redes sociais, muitos vídeos, de dirigentes e trabalhadores em postos, fazem a defesa do emprego e pedem ao deputado Kim retirar a emenda.

USUÁRIO – Na Carta entregue a usuários de postos, as entidades alertam para os riscos do auto-abastecimento. “O frentista é treinado pra manusear a bomba, lidar com materiais tóxicos ou mesmo cancerígenos, como o benzeno. Já o usuário nem tem ideia disso”, alerta Telma Cardia, que preside do Sindicato da categoria em Guarulhos, SP.

MAIS INFORMAÇÕES – FenepospetroFepospetro-SP

 

VIA AGÊNCIA SINDICAL

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *