Ato em Campinas (SP) encorpa mobilização nacional em defesa da Justiça do Trabalho

Em conjunto com outras entidades sindicais, servidores, associações de magistrados, membros da OAB e Ministério Público do Trabalho (MPT), a Seccional São Paulo da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) participou na manhã desta terça-feira (29) de ato em defesa da Justiça do Trabalho.

A manifestação aconteceu em frente ao Fórum Trabalhista “José Teixeira Penteado”, na cidade de Campinas, interior de São Paulo, em respostas as declarações do presidente Jair Bolsonaro. Com faixas, cartazes e um carro de som, durante o ato, os cerca de 500 manifestantes fecharam a avenida Norte-Sul.

A vice-presidente da Seccional e diretora do Sindpd, Loide Belchior, que representou as entidades, ratifica o valor da Justiça do Trabalho para o conjunto da sociedade.

“Na minha avaliação a manifestação além de contar com o apoio de entidades associativas e sindicais, magistrados, procuradores, servidores da Justiça do Trabalho, operadores do direito e da sociedade civil, foi muito importante e com muita propriedade, deixando claro e afirmando que deve-se discutir e demonstrar o reconhecimento do papel histórico e a imprescindibilidade deste importante ramo do Judiciário”, falou a dirigente.

Promovido pela Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 15ª Região – AMATRA XV, o evento contou também com a presença da procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho em Campinas – PRT-15, Maria Stela Guimarães de Martin, e do juiz Jayme Martins de Oliveira Neto, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).
Fonte: Face do Neto – 31/01/2019

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *