Homologação fora do Sindicato é cilada para trabalhador

• 1º/3/2018 – quinta-feira

O site da Agência Sindical reproduz, na coluna Opinião +Colunistas, artigo do presidente do Sindicato dos Comerciários de Guarulhos, Walter dos Santos, no qual ele denuncia comerciantes que burlam a Convenção Coletiva, fazendo as homologações sem assistência da entidade.

Com o título “Homologação fundo de quintal”, o texto foi publicado originalmente na edição nº 251 (fevereiro de 2018) do jornal “O Comerciário”, órgão informativo da entidade.

“Alguns patrões demitem e dizem ao trabalhador que pode fazer as contas lá na empresa mesmo, no quarto dos fundos, no banheiro, no quintal, no contador, no bar do amigo ou na casa da mãe Joana. Apresentam as contas rescisórias e dizem que está tudo certo. Ao trabalhador, sem ter como contestar os valores, cabe apenas assinar os documentos”, ressalta.

O dirigente conta que, após o início da vigência da nova lei trabalhista, em 11 de novembro, o Sincomerciários recebeu diversas denúncias de irregularidades nas verbas rescisórias que o trabalhador demitido tem direito a receber.

Leia o texto na integra aqui:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *