Impasse nas Negociações Salariais dos frentistas de SP

erminou sem acordo a sétima reunião de negociação salarial dos cem mil frentistas de SP, realizada ontem (10), no sindicato patronal Sincopetro, em São Paulo. A Federação Estadual da categoria ( Fepospetro), que unifica a negociação, ainda aposta na via do diálogo para fixar junto aos patrões ( Sincopetro, Resan, Regran e Recap) o entendimento de que a Lei da reforma trabalhista não pode ser usada para sacrificar direitos.
Na próxima semana, dirigentes da entidade e dos dezesseis sindicatos se reunirão para debater as estratégias de condução da tratativa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *