CAMPINAS-SP: POSTO VAI REEMBOLSAR 10 FRENTISTAS POR DESCONTOS ABUSIVOS DE QUEBRAS DE CAIXA; VALORES CHEGAM A R$ 3 MIL

Uma reunião entre representantes da Rede de Postos Lago Azul e o Sinpospetro Campinas, na tarde desta terça feira (4) no sindicato, pôs fim à prática abusiva de descontos, pela empresa, nos salários dos frentistas  cujos caixas indicavam  diferenças de valores,  ao final do expediente de trabalho.  O acordo assinado pelo   gerente de RH,  o advogado da empresa, e o sindicato, beneficia 10 funcionários dos 3 postos da rede localizados na região de Campinas. Estes trabalhadores serão ressarcidos em R$ 3.000,00. A soma foi apurada pelo sindicato mediante análise dos holerites dos últimos 12 meses. Além da devolução do dinheiro, a empresa se comprometeu  com a cessação imediata da prática, bem como em adotar uma nova tratativa quanto política de desconto em casos de quebra de caixa. A atitude que vinha sendo adotada pela empresa contraria o disposto no artigo 462 da CLT, para a qual  o desconto só será lícito na ocorrência flagrante de dolo do empregado. No caso envolvendo a Rede de Postos Lago Azul, em apenas 8 meses,o desconto sobre a folha de pagamento de  um dos funcionários chegou a  R$ 1.066,64.  Severino Bezerra, diretor sindical que participou da reunião, afirma que a constatação da falta de dinheiro, por si só, não caracteriza o dolo. Ele explica que a situação de quebras de caixa pode derivar de diversos fatores, inclusive  de ordem operacional, e que cabe á empresa averiguar e implantar mecanismos que permitam identificar a origem do problema. Para o sindicalista, a situação expõe a realidade arbitrária das empresas, contra o trabalhador: “O caso é absurdo, um  desrespeito às leis trabalhistas. Nós, sindicalistas, temos que estar atentos e agir contra   injustiças como essa.” alerta.

 Publicada em 05/08/16

Com inf: Assessoria Campinas-SP – Leila de Oliveira

Imagens: Raimundo Nonato- Biro – Secretário Geral Sinpospetro Campinas-SP

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *