Centrais Sindicais realizam ato nesta quarta-feira (8) em frente ao Ministério da Economia

Os presidentes da Força Sindical, CUT, CSB, UGT, CTB e NCST comandarão o ato que será realizado em frente ao Ministério da Economia (Bloco P, onde fica o gabinete do Paulo Guedes), nesta quarta-feira, 8 de julho, às 11h.

Os dirigentes apresentarão documento elaborado pelo Fórum das Centrais Sindicais com propostas para preservação da vida, geração de emprego, renda básica permanente, além de agenda à retomada da economia. “Vamos cobrar a extensão do auxílio de 600 até dezembro e mais crédito para as micros e pequenas empresas”, adianta Miguel Torres, presidente da Força Sindical.

Os sindicalistas ressaltam que não haverá aglomeração. Todos os protocolos sanitários e medidas de proteção serão respeitados para evitar contágio e a propagação do Covid-19.  As centrais sindicais defendem o isolamento social e as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde) como essenciais ao enfrentamento da pandemia de Coronavírus.

O documento já foi apresentado oficialmente ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, em 21 de junho, durante videoconferência.

Avatar militante

Os sindicatos e militância das centrais serão convidados a participar do ato, de forma virtual, por meio do Manif.app, ferramenta criada na França e utilizada para manifestações durante a pandemia. Pelo aplicativo, é possível criar um avatar, que aparece no local do protesto, em tempo real.

Agenda: Ato das Centrais Sindicais

Data: 8 de julho
Horário: 11 horas
Local: Em frente ao Ministério da Economia (Bloco P, onde está o gabinete do ministro Paulo Guedes)

via site Mundo Sindical

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *