Procon-DF notifica 30 postos após aumento repentino no preço da gasolina

Correio Braziliense

18/01/2019 – Os postos de combustíveis têm dez dias para explicar ao Procon o aumento no valor da gasolina nos últimos dias, após uma perfuração do duto da Petrobras, que abastece o Distrito Federal e parte de Goiás. Na tarde desta quinta-feira (17/1), fiscais notificaram, pelo menos, 30 postos de abastecimento que estavam com o preço superior a R$ 4,2 por litro.

Quem foi notificado, deve entregar uma plantilha com os valores de compra e venda do produto ao Procon. Caso seja verificado o abuso, os estabelecimentos serão multados. As multas variam entre R$ 450 e R$ 6 milhões. Os consumidores também podem avisar caso percebam preços abusivos.

Para o presidente do Sindicombustíveis, Paulo Tavares, a notificação do Procon não foi clara porque ela não cita a data e o período que os postos devem apresentar as documentações. Mas, de acordo com ele, não há problemas quanto a fiscalização. “Eu particularmente estou achando ótimo”, afirmou.

Segundo Tavares, com a fiscalização, será possível acabar com a competitividade de preços mais baratos entre os estabelecimentos que acabam prejudicando os donos dos postos.
Via Correio Braziliense

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *