RJ: SINPOSPETRO CAMPINAS PRESENTE NO SEMINÁRIO QUE CONCLUI PRIMEIRA ETAPA DA CAMPANHA DE SEGURANÇA DO SINDICATO DOS FRENTISTAS

A primeira fase da campanha lançada na última segunda-feira(21) pelo SINPOSPETRO-RJ será concluída hoje com o seminário “ Campanha Estadual de Segurança e Saúde- Projeto Postos de Combustíveis” que será realizado no Tribunal Regional do Trabalho, no Centro. O presidente do sindicato, Eusébio Pinto Neto, garante que o projeto terá continuidade até que toda a categoria receba orientação sobre prevenção de danos à saúde e acidentes no local de trabalho.

A próxima etapa da campanha terá início na segunda-feira(28) com a visitação a postos de combustíveis na Baixada Fluminense e na Zona Oeste, no município do Rio. O sindicato pretende distribuir mais de 10 mil cartilhas aos trabalhadores até o final de outubro. Na cartilha que é ilustrada pelo personagem Zé do Click, o trabalhador recebe orientação para não abastecer além do automático e a medida que deve tomar para reduzir o risco de contaminação pelo benzeno, produto químico que compõe a gasolina.

Durante visita aos postos, o sindicato distribuí também um folder para os motoristas, que alerta a sociedade sobre o mal que o benzeno faz à saúde do trabalhador e do cliente. Os motoristas também recebem um adesivo para ser colocado na tampa do tanque de gasolina que alerta para abastecer até o automático.

SEMINÁRIO
As dificuldades enfrentas pelas trabalhadoras dos postos de combustíveis durante a gestação e amamentação serão destacadas no seminário. As pesquisas realizadas em todo o país sobre os riscos do benzeno para a saúde do trabalhador, a NR 20 e aposentadoria especial são temas abordados pelos palestrantes. A Fundação Oswaldo Cruz( FIOCRUZ) também vai apresentar o resultado do Projeto Caracterização de Riscos Relacionados à Exposição Ocupacional ao Benzeno realizado em parceria com o SINPOSPETRO-RJ.

CIPA
Os funcionários dos postos de combustíveis, que integram a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes(CIPA), foram convidados oficialmente pelo SINPOSPETRO-RJ para participar do seminário. O objetivo é esclarecer as dúvidas dos cipeiros que têm a missão de zelar pela segurança e saúde no ambiente de trabalho.

A subgerente do Posto BR 40, na Lagoa, Zona Sul do Rio, Ana Lúcia Borges Ferreira, de 44 anos, que foi eleita integrante da CIPA no início de setembro, confirmou a presença no seminário. Ela considera importante a campanha para esclarecer aos trabalhadores os seus direitos e deveres. “Mesmo como integrante da CIPA, eu desconhecia as leis que protegem os trabalhadores contra acidentes. Na cartilha e no folder distribuídos pelo sindicato, obtive a informação de que abastecer após ser acionada a trava de segurança dá multa, e como subgerente vou cumprir as normas para que a empresa não seja penalizada”-disse.

ACIDENTES
Na abertura do seminário será exibido um vídeo com os registros dos acidentes ocorridos nos últimos dois anos no Estado do Rio. De acordo com levantamento feito pelo SINPOSPETRO-RJ só neste mês foram registrados dois acidentes, ou melhor, explosões. Comparando dados dos últimos dois anos, o sindicato constatou que a cada três meses é registrado um acidente durante abastecimento no posto e a maioria das vítimas é clientes. O presidente Eusébio Neto diz que infelizmente os acidentes invisíveis, aqueles em que os trabalhadores têm o corpo atingido pela gasolina que retorna do tanque de combustível, ainda não entram para as estatísticas. “Precisamos mudar as leis, já que esses acidentes  são tão letais quanto as explosões”.

Estefania de Castro-assessoria de imprensa Sinpospetro-RJ

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *